Você  com certeza já deve ter ouvido aquele ditado: “Respeite os mais velhos”. Sim, Salvador e o estado da Bahia merecem mais respeito. A cidade foi a primeira capital brasileira, ficou nesse posto de 1548 até a transferência para a cidade do Rio de Janeiro em 1763. Terra de gente hospitaleira, uma culinária de respeito e não, o baiano não é preguiçoso. O porto da cidade era o mais movimentado até o ano de 1870, onde infelizmente, era a porta de entrada de muitos dos escravos africanos trazidos ao Brasil.

Lembro-me que igualmente quando fui para o Rio de Janeiro, muita gente me taxava de doido, pois escolher a capital da baía de todos os santos não era a melhor coisa a se fazer. Falavam que Salvador é extremamente perigoso, lá eles matam, roubam no meio da rua e principalmente no Pelourinho, tome muito cuidado. Sabe de uma coisa, acho que eu sou doido mesmo, porque eu mesmo assim fui. Não tive problema algum durante a estadia na cidade, vi vários turistas, inclusive de outros países e espero voltar em breve. Eu não sei de onde você esta lendo este post meu amigo, mas caso você não esteja na Islândia, Dinamarca ou na Áustria, não há como negar que onde você esta agora, é sim, um lugar perigoso. Todos os lugares são perigosos, não da para ficar taxando esse ou aquele mais ou menos perigoso, principalmente quando se trata de uma cidade do tamanho da capital da Bahia. Fui ao Pelourinho sim, e vou te contar, lugar incrível, que tinha mais polícia do que turista. Claro que, salve esses países que citei e mais uma meia dúzia, qualquer lugar do mundo que você “vacilar” você pode ser roubado. Mas fique tranquilo, vá para a Bahia, vá para Salvador.

Farol da Barra

A Cidade além de ser cosmopolita o ano todo e não somente no carnaval,  possui vários pontos turísticos, como o Farol da Barra, Farol de Itapuã, Igreja do Bonfim, Dique Tororó, Lagoa do Abaeté, Arena Fonte Nova, Praça Castro Alves, Mercado Modelo, Elevador Lacerda e o Pelourinho. Por 60 reais você pode fazer um tour pela cidade. O Salvador Bus te leva aos principais pontos turísticos e sua ROTA passa por vários hotéis da cidade. Esse ônibus passa pelo Farol da Barra, Igreja do Bonfim, Memorial Irmã Dulce, Mercado Modelo, onde é possível ir ao pelourinho, dique Tororó e a Arena Fonte Nova. Fora da alta temporada rodam somente dois ônibus, mas você tem a livre circulação de descer de um e embarcar no outro. Depois de andar e conhecer a cidade de uma maneira mais ampla, você pode fazer mergulhos com instrutores na baía de todos os santos.

O pôr do sol na capital baiana é para deixar todo mundo de queixo caído. Aconselho-te admirar esse espetáculo do astro rei de dois lugares. Do Farol da Barra pode ser do alto da torre, dentro do farol ou pelo lado externo, ambas as vistas são belas. Após passar belo bairro da Ribeira e saborear seu tradicional sorvete, assista a esse espetáculo da Ponta de Humaitá. Esse lugar é tão incrível que de vez em quando bandas como Jammil fazem shows por lá ao entardecer. O local fica próximo do Forte de Monte Serrat e da Igreja do Bonfim e contém um pátio, uma igreja e um farol.

Elevador Lacerda

 

 

ALIMENTAÇÃO

Apesar da cidade ser uma das maiores metrópoles brasileiras, atraindo uma grande quantidade de turistas do mundo inteiro, sim, é possível se alimentar gastando pouco.  Na rua paralela a Avenida Oceânica da Barra, é possível comer um cachorro-quente por 1 real. É possível, também, almoçar e jantar por 12 reais. Próximo ao pelourinho você consegue almoçar com direito a churrasco por 14 ou 16 reais, isso sem perder o tempero baiano. Aqui vai uma dica: Antes de pedir sua refeição nos restaurantes, peça para saber o tamanho da mesma. Na maioria dos restaurantes que entrei, um prato individual dava para duas pessoas comerem muito bem. Mas ai é de pessoa para pessoa e depende do tamanho da sua fome. Rio Vermelho é o bairro mais boêmio. Se estiver com vontade de tomar uma cerveja geladassa” e comer um acarajé delicioso vá até esse bairro.

 

 

TRANSPORTE

A linha 2 do metrô de Salvador se encontra em construção e a linha um é bem provável que você não a utilize, uma vez que não liga a nenhum ponto turístico. Logo, você utilizará mais o ônibus. O preço do mesmo tem o valor de 3,30. O transporte executivo custa 5 reais. Com o calor que só a Bahia parece ter, é recomendado pegar o executivo, mas caso esteja com pressa pegue o primeiro que passar, pois o sistema de ônibus soteropolitano costuma confundir muita gente.

A principal porta de entrada da cidade é o Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães. Dele o mais viável é tomar um ônibus, First Class de 33 reais, que leva até os principais hotéis da cidade.  De táxi esse mesmo traslado fica por aproximadamente 170 reais, depende da localização da sua hospedagem.

Vale lembrar, também, que a capital baiana já liberou o aplicativo Uber. Com ele você consegue se locomover para vários lugares sem gastar muito, principalmente se você dividir a corrida com outras pessoas.

Praias 

Na sua estadia na capital baiana tente tirar um dia para conhecer pelo menos a Praia do Forte. Eu tenho certeza que você ficará encantado. Por lá você encontra a sede do Projeto Tamar, várias lojinhas com produtos bacanas, uma praia ótima para banho e mergulho e, pasmem, até um castelo medieval, sim, o único castelo medieval da América Latina, Castelo Garcia d’Ávila. Para chegar a esse Paraíso no litoral norte baiano, você pode pegar uma Van na rodoviária de Salvador por 8 reais com destino a Praia do Forte. É possível ir de ônibus, também, por 8,65 e se você preferir, ainda é  possível ir com uma agência de turismo, porém o valor será de 70 reais.

Praia do Forte – Bahia

Caso esteja com um pouco mais de tempo, praias como Guarajuba, Mangue Seco, Sitio do Conde, Costa do Sauípe e  Imbassaí são ótimas escolhas ainda no Litoral Norte.

Na cidade de Salvador não deixe de aproveitar as praias do Porto da Barra,  Farol da Barra, Rio Vermelho e Pituba próximas ao centro e Praia do Flamengo, Stella Maris, Piatã e Itapuã um pouco mais afastadas.

Igreja do Bonfim

 

Comece sua ROTA por Salvador

Salvador além de ser belíssima ainda guarda alguns segredos. A cidade pode ser o começo de ROTAS para outros lugares incríveis. Distancia em aproximadamente 450 Km da Chapada Diamantina, um paraíso no centro da Bahia. Gasta-se 2 horas de catamarã até Morro de São Paulo e 4 horas até Aracaju, capital de Sergipe, estado vizinho.

Venha para a Bahia, Salvador é uma ROTA legal!

Rota dos Comentários, deixe o seu!

7 Comentários

Deixe o seu comentário!