A costa brasileira possui mais de 7 mil quilômetros de extensão, sendo uma das maiores do mundo, banhada exclusivamente pelo Oceano Atlântico. Nela é possível banhar-se em praias, ilhas, baías, arrecifes e admirar a vegetação de mangue, mata atlântica e fazer mergulhos. Alguns lugares são tradicionais para mergulho, como Fenando de Noronha, Porto de Galinha, ambos em Pernambuco, Maragogi em Alagoas, Recife de Fora na Bahia, mas ultimamente um lugar vem se destacando. Maracajaú, a cerca de 60 quilômetros ao norte de Natal, capital do Rio Grande do Norte.

Mergulho nas piscinas naturais de Maracajaú

Na verdade, Maracajaú é uma comunidade de aproximadamente 2 mil habitantes do município de Maxaranguape. A local é muito lembrado para a prática de esportes como surf e kitesurf mas principalmente por suas piscinas naturais, o parque aquático e o Rio Piracabus.

Decidimos conhecer primeiro o mergulho e o Rio Piracabus, em outro momento falaremos sobre o parque aquático. Fomos com as empresas Natal Beach Turismo e SMG Turismo até o Parrachos Praia Club, é lá que pega-se uma embarcação tipo catamarã ou lancha e adentra-se sete quilômetros dentro do mar até as piscinas naturais. O lugar é fantástico! O local é uma área de proteção ambiental, na alta temporada somente aproximadamente 600 pessoas podem entrar e na baixa temporada 500 pessoas. É bom ficar de olho na maré quando você estiver indo fazer o mergulho, mas não se preocupe caso ela esteja muito alta, a maré funda de Maracajaú é de aproximadamente 3 metros, quando ela estiver nessa altura ninguém vai ficar pisando na areia, o que deixa a água menos turva. O mergulho é de aproximadamente 2 horas e meia, mas que parece 2 minutos e meio de tão rápido que o tempo passa. É aquela história, quando a atividade que fazemos é muito legal, parece acabar mais rápido.

Embarcação tipo catamarã

O mergulho ainda é feito a partir de uma plataforma fixa no local e pode ser feito com cilindros pagando uma taxa extra ou apenas com óculos e snorkel fornecidos pelo clube. Caso você queira, tem fotógrafos que tiram fotos subaquáticas e depois as vende ou se preferir, é possível alugar uma câmera e você mesmo tirar as suas fotos.  Se você der sorte no dia do seu mergulho, possivelmente poderá tirar fotos de alguns animais marinhos como polvo, arraia, lagosta, dentre outros.

Praia de Maracajaú, em frente ao Parrachos Praia Clube

Depois do mergulho, voltamos para o Parrachos Praia Clube, um lugar que conta com uma ótima estrutura de frente para a praia, piscinas, bar molhado, dentre outras coisas legais. Possivelmente a segunda coisa mais lembrada do passeio depois do mergulho é o caminhão estilo General. Um caminhão similar aos utilizados na segunda guerra mundial, que vai levando o pessoal pela praia de Maracajaú até o Rio Piracabus. Um lugar paradisíaco! O Rio conta com redinhas para descanso, bares, barracas, coqueiros em volta, aluguel de stand up e caiaques, dentre outras coisas. Assim como no mergulho, quando se der conta já é hora de voltar.

Rio Piracabus

O mergulho em Maracajaú já está virando obrigatoriedade para todos que vão para Natal. Não deixe de ir também, temos certeza que irá gostar muito.

Mergulho em Maracajaú é uma ROTA LEGAL!

Rota dos Comentários, deixe o seu!

0 Comentários

Deixe o seu comentário!